6 comentários sobre “Cap 70: Uma mulher desafiante

  1. Oi, meninas!Antes que perguntem, retirei as imagens das fotos, porque tive uns probleminas no lay e precisei refazer.Aliás… O novo livro que vai vindo, já está no forno. Nãooo vou contar, se abrir sola! hahahahMas seguirá o mesmo tema!Mas não se preocupem, ainda faltam 20 capítulos para vocês ficarem com a Bela, não perca, a reta final tá quentíssima!!!!!!!!!Beijoos da Li que AMAAAAA cada uma de vocês e guarda no coração com muito conforto!!! rsrs.

  2. Ahh a Bela tá mandando respostas boas cada vez mais hein?! uahuahau mto engraçada a parte do "avantajada alegria com nossa conversinha".20? Ahh eu pensei que era menos, ainda bem!!Beijooo!

  3. huuuuuummmmmmm!!!!! a Bela está atrevidinha!!!! acho o máximo esse tipo de mulher leoa!!! nota 10 pra ela!!!!!!!

  4. bom.. ontem tentei comentar no capitulo 68, mas naum consegui! tentei umas 68 vezes eu acho ¬¬entao antes de eu falar do capitulo de hj, deixa eu falar do de ontem! hehehehehme identifiquei mto com a belinha… "Ele resumiu para mim sua agonia, quando fomos embora horas depois: seus amigos são fúteis…" ou melhor… "suas amigas sao futeis"sabe q q eu faço… bem igual a bela!quando ele tah aqui, saimos com nossos amigos em comum, quando ele naum estah, saiu com as minhas 'amigas futeis'assim tudo fica bem!heehehehehagora deixa eu falar do capitulo de hj… eu adoro essas respostas q a bela tem, sempre na ponta da lingua!hashuahsuuasuahhauahs(ctrl+c antes de postar o comentario! hehehe)

  5. conseguiiiiiiiiiiiiiiiiiiii o/ o/ o/

    beijo lii =*

  6. Uau!!! Adorei essa força toda que ela demonstra!!! o/ Tem que ser assim pra ninguém ficar querendo meter medo na gente! Tem pessoas por aih que vão tentar nos fazer parecer fracas, medrosas, despreparadas… mas, mesmo com despreparo temos de encarar os desafios.Na sexta passada, conheci uma senhora na rodoviária, enquanto esperava meu amor chegar, e ficamos conversando um tempão. Apesar da mão calejada do seu trabalho (na idade de 75 anos, ela é construtora! Sim, construtora!), a senhora fala inglês, casou com um italiano e criou 4 filhos sozinha, pois o marido faleceu quando eles ainda eram crianças. Durante a conversa, eu disse que não me sentia preparada para construir uma família e ela disse-me, sem gaguejar (e em outras palavras), que nós nunca estamos preparadas para nada. Temos que encarar os desafios porque vivendo que se aprende! o/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *