5 comentários sobre “Cap 79: Amadurecimento

  1. Ooi! Caramba Li… É engraçado como aqui os capítulos vêm na hora certa como uma ajuda!Eu e o meu amor queremos ficar juntos pra sempre. Ele já me disse que quer que eu seja sua mulher, que quer ficar comigo pra sempre. Mas eu nunca ouvi ele falar a palavra "casar" pra mim.No Espadim, eu esperava que ele me pedisse em casamento. Mas não aconteceu… Nem pensei muito nisso porque sei que é a maior bobeira, mas eu fiquei esperando sabe?Quero só ver o que vai acontecer agora! =)Bjoo!

  2. Nya… essa sim é a parte complicada da história toda. Acho que o casamento, por mais maduro que seja o rapaz, não é fácil de decidir. Existe aquela coisa da liberdade. Eles passam tanto tempo presos lá dentro que quando saem uerem respirar um pouco, decidir o que vestir, aonde ir e etc… tá certo que não é liberdade total, mas também não é aquela coisa toda da AMAN, horários definidos senão vai preso ou punido… etc.A pressão diminui e eles só querem aproveitar um pouco desse relaxamento que é viver com um pouco menos de limitações. Acredito que é sempre bom dar um tempo para eles depois que sairem de lá, para ver o que realmente querem fazer, para analisarem e tomarem a decisão. Já esperamos tanto tempo, não custa nada esperar mais um pouco para que eles tomem a decisão mais importante da vida deles. Claro que não precisa parar a vida por causa disso, vai andando que, na hora certa, ele vai pra perto de vc ou te leva pra perto dele ou, ainda, ambos convergem os caminhos na mesma direção. Enfim…Sinceramente, também passei por fases como a Bela. Falava muito nisso e não ouvia retorno; falava menos e ouvia brincadeirinhas sobre o assunto, mas nada que pendesse para o lado do casamento; passei a comentar apenas esporadicamente, mas já ouvia comentários do tipo "qual a cor do carro, meu amor?" ou "vamos investir nisso ou naquilo?", ouvia planos que somente pessoas que pensam em passar o resto da vida juntos pensam em realizar juntos; por fim, não falo mais em casamento e até brinco algumas vezes com isso.Na verdade, ambos não estão preparados. Não falo em maturidade, porque só se alcança a maturidade do casamento depois de vivê-lo (na minha opinião). Eu falo da questão de preparo financeiro, estrutural mesmo. Nós queremos passar o resto de nossas vidas juntos, disso já tenho certeza (e não preciso ouvi-lo dizer que quer casar-se comigo ou fazendo planos para cerimônias de casamento, porque as atitudes dele me dizem muito mais do que as palavras), apenas precisamos de tempo para concretizar a estrutura e realizar a obra firmada em solo seguro.Enfim… é difícil demais esperar, mas esta é a nossa maior qualidade… eu diria: um dom. Paciência. E tipo, deixar nas mãos de Deus é o melhor, desde que você saiba escolher seu caminho na hora em que Deus te disser "escolhe".No mais… me perdi no foco do meu ponto de vista (deve ser por causa da hora), então… depois eu venho comentar direito.Desculpe, Li! Só não vou apagar porque eu escrevi mto! (risos)Bjão pra todas! o/

  3. Lucy, querida! Obrigada pelo carinho de sempre e por suas análises, rs, aprendo sempre sempre mesmo com elas!Jane, flor, é assim mesmo, temos expectativas e devemos esperar para a hora certa de correspondê-las.Beijos para as duas!

  4. assim como a bela, jah sofri mto por isso! teve uma epoca q eu soh falava e soh pensava em casamento!meu namorado sempre fez planos pra nos dois, sempre deixou bem claro q eu era a mulher de sua vida… que queria ter filhos e uma casa cmg! mas eu queria data… e sofria por naum ter ela!hj naum me estresso mais com isso! continuo com meu sonho de casar… com direito a 'teto de aço' e tudo! hehehehmas deixo para que o tempo mostre a hora certa… tanto para ele, quanto para mim!li… acho q no capitulo de hj, vc tocou lah no fundo do coraçaozinho de cada uma q le o livro!hehehehbeijo grande amada =*

  5. Obrigada pelo carinho, amada!Como pode as experiências quase só mudarem de endereço?Beijocas!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *