6 comentários sobre “Cap 48: Estranha na própria casa

  1. nossa que barra a bela está passando..nem imagino…q horror… vc tentar agradar alguem q n quer ser agradada…nossa..coitada…mais ela esta agindo certinho…td vai dar certo…bjs li tah lindo…entrem no meu blog..amanha estou indo p o sul..conto as novidades lah..bjs

  2. huuuummmmm Fernandinha!!!!!! aproveita!!!!!!!!!! boas férias!!!!!!! caraca velho!!!!!! coitada da Bela, tendo que cuidar da sogra…rsrss!!!!!!meninas, visitem o romance militar tão iguais e tão diferentes http://www.taoiguaisetaodiferentes.blogspot.com

  3. Muito bom, agora sim eu quero ver como vai se comportar a dona Fabíola na casa alheia, precisando de ajuda. Eu vejo, pela atitude dela, que vai buscar ser simpática e não comentar muito, mas nunca se sabe como as pessoas reagem em condições desagradáveis. Ou seja, depois da operação, quando estiver sentindo muita dor… será que ela vai ser polida e não fazer comentários que possam ferir alguém, principalmente a Bela?Estou ansiosa pra saber!!! E agora a Bela vai entender o verdadeiro significado da palavra "humildade". Gostei de ver a atitude dela. *Suspiro* O que a gente não faz por quem ama, não é?Li, eu fui comentar no Blog dela e não lembrava se ela já havia dito que a sogra não gosta dela ou coisa parecida, daih eu enrolei lá num "não sei mto sobre o seu relacionamento com ela…" e tal, pra poder pelo menos falar uma alternativa de atitude que ela poderia tomar caso aconteça algo desagradável. rsss…Bjos, Li! o/

  4. Pra completar, uma frase da Anne Frank (do seu diário):Você só conhece mesmo uma pessoa quando tem com ela uma briga. Só então pode avaliar seu verdadeiro caráter.” (28/09/1942)

  5. Eita eihn! Q coisa! rs.

    Bjos!!

  6. Muito bom….. é bom saber q mesmo sem gostar da sogra ela esta tentando ajudar…Li… parabens….esta lindo isso aqui…beijos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *