Blog da Li Mendi

Lição de vida

Recentemente, recebi um e-mail sobre uma cachorrinha chamada Faith Stringfellow. Ela nasceu com defeito nas patas dianteiras. Tiveram que amputá-las. Com 3 semanas de vida, foi escolhida entre vários cachorrinhos deficientes. Alguns de seus irmãos faleceram ainda pequenos. Mesmo com o defeito, seus donos ensinaram algumas coisas, entre elas, a andar sobre as patas traseiras, como os humanos. Atualmente, ela anda como se fosse natural.

Trouxe essa história para vocês porque existem momentos em nossas vidas que precisamos nos adaptar às circunstâncias. Precisamos encarar realidades difíceis que demandam força de vontade, muita vontade mesmo de viver e lutar. Faith ignorou sua natureza que, instintivamente, a levava por um caminho: ser quadrúpede. Tornou-se bípede. Aprendeu a viver de outra forma e seguiu em frente.

O ser humanos vai se definindo ao longo da vida. Em um determinado momento, temos que encarar quem somos (ou, o que nos tornamos) e reinventar tudo para seguir em frente. Senão, acabamos morrendo, como os irmãos da cadelinha Faith.

Dói. Cansa. O instinto é muito forte para ser vencido. Contudo, estamos vendo que, realmente, tudo é possível. Faith conseguiu porque ela não usou a razão para duvidar ou lamentar. Ela usou um instinto maior que qualquer outro: sobrevivência.

Conheçam o site oficial: http://www.faiththedog.net/story.asp

6 respostas

Deixe uma resposta

Quer fazer um comentário?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *