Blog da Li Mendi

“O mesmo tempo em que sonhamos é o que trabalhamos”

“O mesmo tempo em que sonhamos é o que trabalhamos”.
(Ziraldo)

Estava hoje almoçando com o controle na mão, naquele zapping básico e parei em uma entrevista do Ziraldo. Ele fez dezenas de personagens, vendeu milhares de livros e marcou a história. A frase que move sua vida é “o mesmo tempo em que sonhamos é o que trabalhamos”.

Planejar é importante, mas o vencedor é feito de 99% suor e 1% de sorte. Lembro de uma historinha da bailarina que, na primeira desclassificação para um posto de dançarina do Municipal, ouviu do selecionador: “Você não é boa”. Aquilo foi motivo para se convencer de que não servia para a carreira. Anos depois, encontrou com aquele mesmo homem e disse que nunca conseguiria ser uma grande bailarina. Ele concordou: “Realmente não, porque eu falo isso para todas as novatas, se você realmente fosse ser uma ótima dançarina não teria desistido”.

Pense em um objetivo. Imagino que ele esteja no campo profissional. É cômodo ficar esperando uma vaga cair do céu. Sonhar não carimba currículo. O importante é empilhar livros nos braços, passar óleo de peroba na carinha e ser seu próprio agente batendo de porta em porta.

Lembro de uma colega que pegou um trabalho nosso da faculdade sobre um jornal e foi lá se oferecer para um estágio. Não é que eles deram! Só foi antiético o fato de não ter escrito uma linha no trabalho…

Não estou dizendo “coloque um banco apoiado nas costas dos outros”, mas não seja bonzinho demais.

6 respostas

Deixe uma resposta

Quer fazer um comentário?
Sinta-se livre para contribuir!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *